quinta-feira, 21 de julho de 2011

Assim.

As luzes do palco se apagaram
O pano caiu.A cena acabou
Mudança de ato.
Assim é a vida.Assim somos nós.


Morre a personagem.Fica o ator.
Permanece a peça.Finda o ato.
A vida continua.






keity Renata   21:33hrs.

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Felicidade

A felicidade
vive atrás de mim
eu que não sou louca
deixo ela vir


Quebro o silêncio
e parto logo o fim
deixo outras coisas
felicidade sim.







12:31hrs

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Incertezas


.

Não acho sensato reclamar da vida, enquanto tantos a estão perdendo.
Não queria ser assim, mas é como me encontro.
Esqueci de como é lidar com a derrota, e agora estou perdida.
Ainda acho que motivos para sorrir não me faltam, só está me faltando o sorriso.
Preciso de férias de mim mesma e dos meus pensamentos negativos...
Preciso de um conselho, um ombro calmo e quieto... Alguém que não reclame de minhas lamentações, só as escute, e deixe que eu mesma me corrija.
Eu me conheço bem, sei quando sou boa companhia, sei quando parar e o que me faz bem... Apenas não descobri ainda por onde seguir. Lidar com incertezas nunca foi meu dom, e essa é minha desculpa no momento, a incerteza.
Mas, qualquer hora eu reinvento o meu humor. São fases, não duram para sempre!
Então, por isso não reclame se vocês  verem  de mal humor..(as vezes).






quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Meio de fuga.



Minha vida é confusa
Minha felicidade diária
Ainda é confusa.
Meus sorrisos que eu dou
São confundidos
Mas eu não quero fingir
Que eu estou feliz quando não estou.
Os sorrisos estão dormentes para mim
As gargalhadas estão dormentes
Os objetivos são perdidos para sempre.
 

°
 22:00hrs 
Quando pensamos que ninguém nos vê,somos nos que não vemos.



domingo, 16 de janeiro de 2011

Pare e olhe.

Esta cidade está mais fria agora,
Eu acho que ela está cansada de mim
Eu estou desenferrujando
Meu coração pertence
A qualquer lugar, menos aqui
Eu estou olhando fixamente para dentro de mim mesmo,
Contando os anos
apenas tomam o controle
E cada olhar está me matando
Hora de fazer um último apelo
Para conduzir minha vida
Eu acho que eu estou me movendo, mas eu não vou a nenhum lugar
eu sei que todo mundo tem medo
Mas eu me tornei o que eu não posso ser,
Você começa a se perguntar por que você está aqui, não lá
E você daria qualquer coisa para conseguir o que é justo
Mas justo não é o que você precisa realmente.



sábado, 15 de janeiro de 2011

Como vai você?

A nossa vida é tão mutável, as nossas verdades tão falsas. Hoje eu me recordei de alguns acontecimentos que ocorreram no inicio do ano passado e hoje no primeiro mês do ano eu percebi que estava totalmente errada, com escamas nos olhos, olhando para direção errada. Muitas vezes nós olhamos para um foco de maneira tão intensa que nem percebemos o que realmente é, e hoje eu olho o começo e vejo o fim, e fico tranqüila em poder ver aquilo que antes não enxergava a verdade.
e cada dia que passa, mas eu tenho a certeza de que pouco sei, quanto mais aprendo mais percebo que ainda tenho muito que aprender, por isso é que a velhice nô é só uma velhice as pessoas passam a vida inteira errando e acertando , e ganham a experiência que minha juventude não compra. Estou aprendendo a errar, estou aprendendo a acertar com meus erros, e é disso que a vida é feita, nem sempre se erra e nem sempre se acerta! hoje eu sou uma pessoa que se julga de uma forma, mais amanhã  serei outra , com outros pensamentos outras atitudes, alguém melhor quem sabe ou não.

No mais, estou bem sim,pra quem fica cuidando da minha vida e julgando importante demais nela.

Obs:E pensar que talvez se eu ainda guardasse em mim um pouco do que já fui, as coisas seriam quem sabe mais fáceis. Ou não. 


não sei por que coloquei o título Como vai você,só sei que quis colocar.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Passado-Futuro


Peguei-me pensando naquilo que passou. Imagino o futuro e não deixo de, ao invés de inventá-lo, assemelhá-lo ao passado e desejar que seja parecido. Ao mesmo tempo em que não consigo enxergar algo positivo em certas coisas, não consigo ver erro em outras.
Não consigo deixar para trás aquilo que me faz bem, e estou sempre movendo a peça para a minha frente, procurando continuar tê-la em meu caminho.
A cada dia enfrento algo novo e gosto de pensar que não deixo nada para trás, mesmo que esteja deixando. Afastar-se de “alguém” não significa jogar a peça fora, simplesmente significa que não estou mexendo nela. Porém, não estou deixando para trás, porque tudo que passamos faz parte do meu futuro e me ajudou a construir essa bela pintura que é a minha vida com vários erros e acertos.
É como um ser fermento biológico, formado por tantas e tantas moléculas. Meu ser psicológico é formado por lembranças, com fotografias na minha memória. Minha mente está sempre repleta de pensamentos circulando pela minha memoria, de vez em quando, eles esbarram por ai e eu me pego sorrindo e lembrando das coisas que ja fizemos. Às vezes, choro de saudades. Mas a saudade é muito mais que uma tristeza: ela é uma alegria de ter vivido.


keity Renata  9:58hrs